Apostas de neve para o próximo Natal

Fonte: Pixabay No Hemisfério Norte, um dos elementos mais marcantes do Natal é o clima frio e tomado pela neve, o qual estimula as famílias a se reunirem em torno de lareiras durante a celebração natalina. Acredita-se que essa associação entre o Natal e a neve tenha começado a se difundir no século XIX, graças a popularidade das obras lançadas pelo autor Charles Dickens, que sempre utilizou a neve como um componente intrínseco de suas histórias natalinas. Apesar de nos últimos 100 anos a frequência da neve ter se tornado cada vez mais irregular em diversas cidades dos Estados Unidos e da Europa, resultado do aquecimento global e das mudanças climáticas, a perspectiva de ter neve durante o Natal continua sendo algo importante para muitas pessoas. Por essa razão, várias casas de apostas e cassinos online oferecem a possibilidade de apostar nesse tema, mais especificamente, se irá ou não nevar em determinadas cidades e aeroportos.

O que é “White Christmas”?

De acordo com o Met Office, que é o serviço nacional de meteorologia do Reino Unido, para que seja considerado que uma cidade teve neve durante o Natal, ou seja, que ocorreu um “White Christmas” nessa região, é preciso que tenha caído ao menos um floco de neve entre à 0:00 do dia 25 de dezembro e à 0:00 do dia 26 de dezembro. Ao contrário do que muitos possam imaginar, a frequência de “White Christmas” no Reino Unido não é alta. Durante os últimos 50 anos, por exemplo, em apenas quatro Natais mais de 40% das estações meteorológicas da região registraram incidência de neve. Quem deseja apostar nas probabilidades de haver neve no próximo Natal precisa levar essas informações em consideração para ter chances maiores de ganhar.

Quais cidades tem maior e menor probabilidade de nevar no Natal?

As apostas sobre o “White Christmas” são muito populares em cidades da Grã-Bretanha e da Irlanda, a para o Natal de 2019, já é possível encontrar cassinos online e casas de apostas oferecendo essa modalidade. Entre as cidades que apresentam a maior probabilidade de ter neve no dia do Natal, segundo a opinião dos apostadores, estão Edimburgo e Glasgow, com chances de +250, e Newcastle, que aparece com +300. Dublin e Manchester, por sua vez, já aparecem com chances menores, de +500, enquanto a capital inglesa e a cidade de Liverpool estão com uma probabilidade de neve ainda inferior, de cerca de +600. Já as regiões menos prováveis de ocorrer um “White Christmas”, de acordo com as apostas, são Cardiff, com +1000, e Penzance, com +1200.

O que é preciso acontecer para nevar?

A formação da neve começa quando as temperaturas caem e existe umidade o suficiente na atmosfera, o que cria minúsculos cristais de gelo nas nuvens. Quando se unem, esses cristais se transformam em flocos de neve. Esses flocos de neve acabam ficando pesados após a união de uma certa quantidade de cristais, o que os leva a cair do céu. Nevascas mais intensas e fortes tendem a acontecer quando a temperatura está entre 0°C e 2ºC, e quando há indícios de ventos fortes. Segundo dados coletados pelo Met Office, no Reino Unido a média é de aproximadamente 33 dias de neve ao ano. No mês de dezembro, que marca o final do outono e o início do inverno no Hemisfério Norte, o costume é de nevar cerca de 3,9 dias ao ano, o que é menor do que as médias de fevereiro e março, que são de 5,6 e 4,2 dias, respectivamente. No continente europeu, historicamente, as grandes cidades que nevam com maior regularidade na época do Natal são Lapônia e Helsinki, na Finlândia, Salzburgo, na Áustria, Moscou, na Rússia, e Tromsø, na Noruega. Ainda assim, não chega a ser incomum ter um Natal sem neve em algumas dessas regiões.
Categorias: Casino online
Conheça mais sobre a ... Conheça o Real Roulette ...